ACATE

22/fev/2019

ACATE firma parceria com escritórios de advocacia

Os escritórios de advocacia Mosimann-Horn, de Florianópolis, e Silva, Santana & Teston, de Joinville, passam a integrar a lista de parcerias da ACATE

A Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) apresenta novos apoiadores institucionais jurídicos, com o objetivo de discutir temas relacionados à legislação de interesse do setor de tecnologia e orientar seus associados sobre assuntos relevantes. Dessa forma, a ACATE passará a compartilhar conteúdos produzidos em parceria com os escritórios de advocacia Mosimann-Horn, de Florianópolis, e Silva, Santana & Teston, de Joinville. Os materiais estarão disponíveis nas redes sociais e no site da ACATE.

Thays Joana Tumelero e Rodrigo Horn são os responsáveis pela área de tecnologia e inovação do escritório Mosimann-Horn e pelo programa Optima MH, movimento que surgiu com o objetivo de conectar os novos mercados e a economia criativa com uma advocacia ágil, informal e focada na experiência do cliente. Os advogados comentam que a aproximação com a ACATE permite que o escritório contribua e compartilhe sua experiência, multidisciplinaridade e especialização com o ecossistema.

“Nosso desejo maior é colaborar. É uma aproximação engrandecedora para os dois lados. As empresas poderão aproveitar o nosso vasto conhecimento. Por outro lado, o escritório se beneficiará com novos desafios e debates”, afirma Horn, que aprendeu sobre inovação na Universidade da Califórnia, onde concluiu seu MBA. “A ótima experiência que tivemos ao expor no centro de inovação da Capital sobre o tema Proteção de Dados mostrou que a aproximação é uma via de mão dupla. O ecossistema conhecerá novos e relevantes temas, e o escritório saberá quais são suas dúvidas e anseios. É gratificante”, complementa Thays.

Marcus Silva, advogado e sócio-fundador do escritório Silva, Santana & Teston, conta que foi da terceirização do departamento jurídico da Datasul que nasceu a Silva, Santana e Teston Advogados, em 2003. “Por isso, todos os nossos advogados são conhecedores tanto do Direito quanto de Tecnologia, bem como do Ambiente de Negócios de nosso setor. Desta forma, é essencial para o nosso escritório continuar gerando valor agregado ao ecossistema de tecnologia em Santa Catarina e em todo o Brasil”, considera.

Silva, que já foi programador de computadores, complementa que com a parceria formalizada, os valores e objetivos das instituições se complementam e podem gerar benefícios a todo o ecossistema. “Temos serviços que ajudam o empreendedor de TI a resolver dores que são típicas do setor, sejam de natureza tributária, trabalhista, societária, clientes ou proteção de propriedade intelectual, entre outros. Portanto, sem dúvidas, nossas expectativas são as melhores possíveis. E o nosso desejo de atender as expectativas da ACATE e seus associados são maiores ainda”, finaliza. Em abril será lançada pelo escritório uma nova célula de negócios, denominada SSTech, para atendimento focado em startups.

Daniel Leipnitz, presidente da ACATE, afirma que “as parcerias jurídicas fortalecem ainda mais o ecossistema, proporcionando o compartilhamento de conhecimentos e mais segurança às negociações”. Já está disponível no site da ACATE um ebook sobre terceirização de serviço, produzido em parceria com o escritório Silva, Santana & Teston. A produção aborda, dentre outros assuntos atrelados à temática principal, a abrangência da terceirização, como demitir e admitir um funcionário terceirizado, obrigações e direitos.