Acate

26/mar/2019

Em missão empresarial, ACATE apresenta ecossistema de inovação catarinense nos Estados Unidos

Representantes da Associação se encontraram com agentes estratégicos no exterior e participaram do lançamento do Floripa Conecta

Recentemente a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) apresentou o ecossistema de inovação do Estado em missão internacional para os Estados Unidos. A viagem contou com uma agenda estratégica para gerar parcerias entre Florianópolis e os EUA. Daniel Leipnitz, presidente, e Arthur Nunes, diretor da Vertical Games da Associação, Rodrigo Estrázulas Rossoni, presidente da  Associação Comercial Industrial de Florianópolis (ACIF) e Amandio João da Silva Júnior, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina conduziram a iniciativa.

 

O grupo participou do evento de economia criativa SXSW, que ocorreu em Austin, durante a primeira etapa da missão. Em seguida, partiu para Nova Inglaterra, onde se reuniu com o consulado brasileiro, para debater a promoção de ações do ecossistema. “Outra estratégia que adotamos na missão foi a aproximação com brasileiros que hoje fazem sucesso nos Estados Unidos, e que são vinculados com grandes universidades. Falamos com esses empreendedores, que possuem grande potencial em serem futuros embaixadores do nosso ecossistema no exterior. Nos aproximamos, mostramos o que estava sendo realizado aqui e isso foi uma grande oportunidade para nós”, conta Daniel Leipnitz. Durante a viagem o grupo também se encontrou com a analista de inovação da General Electric (GE), Ana Lopes. O encontro discutiu as iniciativas da GE ventures, investimentos, plataformas da indústria digital, smart cities, entre outras.

 

A missão continuou no escritório da ACATE, em Boston, que está localizado dentro do Floripa Business Hub e é fruto de uma parceria entre a entidade de tecnologia  e a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF). Na sede ocorreu uma reunião com o empreendedor brasileiro Vitor Pamplona, fundador da Eyenetra – startup que criou um dispositivo de exame de acuidade visual, que analisa a aptidão do olho para perceber forma e contorno, via smartphone, sendo utilizado em mais de 160 países – e também com representantes da SciBr, parceiro do Hub. “Essa etapa da missão trouxe grandes frutos. Já somos reconhecidos no exterior, durante as reuniões conversamos sobre as ações e o caminho que podemos seguir para firmar nossa presença no exterior e isso com certeza irá gerar frutos”, completa Daniel.

 

Um dos principais marcos da missão foi o lançamento do projeto Floripa Conecta, iniciativa que busca unir todos os setores de maior relevância econômica da cidade. O evento ocorreu na sede do Dropbox e apresentou Florianópolis para um grupo de agentes de inovação norte-americanos. “Foram mais de 250 influenciadores, como o investidor João Kepler e Murilo Gun, do Pretinho Básico. Conseguimos nos encontrar em Austin com pessoas que não temos fácil acesso aqui no Brasil. Foi um grande gol para o estado e vou defender para que esse evento seja anual”, comentou Daniel Leipnitz.


Além dos encontros, o grupo também visitou a sede do TripAdvisor; Sigilon Therapeutics, empresa do brasileiro Rogério Vivaldi; e participou de uma visita guiada ao MIT Media Lab, laboratório que faz parte do departamento de pesquisa da escola de arquitetura e Urbanismo da MIT (Massachusetts Institute of Technology). Todas as atividades da missão contaram com o apoio do parceiro do projeto ACATE International, Klaus Raupp, que fica baseado em Boston.