Associada
Com experiência internacional em projetos de circuitos integrados, Chipus Microeletrônica discute em evento ações para Indústria 4.0 no Brasil
quinta-feira, 20. abril 2017 - 16:14

Compartilhe:

Com atuação no mercado de semicondutores para projetos de IoT em nível internacional, a brasileira Chipus Microeletrônica será um dos destaques do Seminário "Relevância das Startups no Ecossistema de IoT", que será realizado dia 27 de abril em São Paulo. A iniciativa, que integra o ciclo de eventos do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas, será promovida na Universidade Presbiteriana Mackenzie a partir das 8h30. Na ocasião, representantes da empresa irão apresentar aos participantes, entre profissionais do segmento e empreendedores, contribuições para orientar ações em IoT e Indústria 4.0 em desenvolvimento no Brasil e no mundo.
 
O objetivo do evento é discutir a evolução e importância dos papéis das startups no ecossistema de IoT. A proposta é apresentar aos participantes três macro visões sobre a contribuição das startups no segmento: 1) a visão das startups sobre o ângulo das ações governamentais nesse setor; 2) sobre o ângulo de promotores e investidores e 3) sobre o ângulo das próprias startups.
 
De acordo com pesquisa promovida pelo McKinsey Global Institute (MGI), o segmento de IoT pode impactar a economia global entre US$ 4 e US$ 11 trilhões por ano até 2025, incluindo países como o Brasil. Esse fator é importante para o desenvolvimento de um plano de ação estratégico para o segmento nacional, com o auxílio de discussões e iniciativas como é o caso do seminário.
 
Na ocasião, o CEO da Chipus Murilo Pessatti irá falar sobre o histórico da empresa, com forte atuação no mercado internacional de semicondutores, tanto do ponto de vista de quando eram uma startup, nos anos iniciais do negócio, quanto na atualidade, momento em que fornecem soluções para importantes players estrangeiros com atuação em IoT. Ele também comenta sobre a importância de políticas públicas, sobretudo na fase inicial de uma startup. “Particularmente no universo amplo e multidisciplinar de Internet das Coisas creio que seja válido identificarmos oportunidades, vocações e fraquezas do nosso país. É obrigatório o exercício de que papel queremos realmente assumir daqui a cinco ou dez anos no mercado mundial de IoT. Sem este desejo e comprometimento, qualquer iniciativa do governo já nascerá desgastada e com grande resistência da indústria e da sociedade. Falando particularmente da Chipus, acredito que foi e que é esta "obsessão" que nos permite concorrer no mercado internacional de semicondutores.”, declara.
 
O evento será transmitido pela internet. Interessados podem obter mais informações e realizar  inscrições pelo site: http://iotbrasil.org.br/relevancia-das-startups-no-ecossistema-de-iot/. Para a participação física, as vagas são limitadas.

Sobre a Chipus Microeletrônica
Fundada em março de 2009 em Florianópolis, Santa Catarina, a Chipus Microeletrônica é especializada no desenvolvimento e customização de projetos de circuitos integrados (CIs ou simplesmente chips) e licenciamento de IPs (Intellectual Property). Em junho do mesmo ano passou a integrar o MIDI Tecnológico, incubadora mantida pelo SEBRAE/SC e gerida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE). Com capital 100% nacional e uma carteira composta por dez clientes internacionais dos Estados Unidos, Europa e Ásia, cujo portfólio nesses oito anos reúne mais de 180 IPs, a Chipus recebeu inicialmente apoio financeiro de investidores-anjo, além de subsídios provenientes de editais do CNPq/MCTI. Em 2016, também foi uma das contempladas pelo Fundo Criatec 2/BNDES. Site: www.chipus.com.br.

Você sabia que seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência utilizando nosso website, nós recomendamos que você atualize para a nova versão ou instale um outro browser. Apresentamos uma lista dos browsers mais populares logo abaixo.

Apenas clique em um dos links abaixo para ir para a página de download: