Associada
Segurança da informação é tema de evento em Criciúma
segunda-feira, 20. março 2017 - 13:24

Compartilhe:

A segurança cibernética representou, em 2016, um investimento global de aproximadamente US$ 73,3 bilhões por parte das empresas, segundo estudo da International Data Corporation (IDC). De acordo com dados da mesma pesquisa, até 2020 as empresas deverão ampliar os recursos na área e investir, anualmente, até US$ 100 bilhões. A conscientização do mercado para reforçar a importância de segurança da informação será tema de evento no dia 28 de março, voltado para empresas catarinenses. A segunda edição do Papo de Segurança é organizada pela OSTEC Business Security e será realizada na Associação Empresarial de Criciúma (ACIC). As inscrições, gratuitas e limitadas, devem ser feitas online.
 
Com base nas experiências e casos práticos de gestores e especialistas de empresas dos mais variados portes e segmentos, o evento funcionará como um painel de debates, oportunidade em que os convidados poderão responder perguntas dos participantes. A proposta é que o conteúdo apresentado forneça para o público insights, que podem ser aplicáveis na realidade de seus negócios. Clique aqui para conferir como foi a edição anterior do evento, realizada na ocasião na cidade de Tubarão, Santa Catarina.
 
O especialista no tema e CEO da OSTEC Cassio Brodbeck explica que no atual cenário social, é preciso estar atento a forma como se usa e consome os dados que circulam na web para garantir a integridade das informações. “Como vivemos em um momento de intensa conectividade e troca de informações, é importante que as empresas procurem proteção. Por isso, sempre buscamos trazer e moderar as conversas no evento para que sejam do alcance do público, que é diversificado”, afirma.
 
Fatores que motivam organizações na adoção da segurança cibernética
As demandas variam de acordo com o porte e maturidade da empresa em tecnologia, focadas em três pilares fundamentais: segurança, disponibilidade e produtividade. A segurança diz respeito à proteção contra ameaças externas e internas, enquanto disponibilidade refere-se a continuidade de negócios diante de um desastre ou até mesmo a falta de internet. Já a produtividade está relacionada ao controle e visibilidade necessários para uma gestão eficiente no uso da internet.

Para Cassio, dentre as causas que motivam a adoção de medidas de segurança da informação está o sequestro de dados. “É comum que determinados ataques tomem notoriedade na mídia, como é o caso de sequestro de dados e diversas técnicas que chamamos de phishing (especialmente bancário). Isso vem assustando especialmente empresas menores, que são alvo de ataques oportunistas por não terem soluções nem procedimentos de segurança adequados”, finaliza.
 
Sobre a OSTEC
Fundada em 2005, a OSTEC Business Security é uma empresa catarinense especializada no desenvolvimento de soluções para segurança da informação presente em todo território nacional e América Latina. Com sede em Tubarão, Santa Catarina, seu portfólio é composto por nove soluções, gerenciadas e multidevice, incluindo serviços de internet integrados e acesso remoto seguro. Mais informações pelo site: www.ostec.com.br.
 
2º Papo de Segurança Ostec
Quando? 28 de março, das 18h30 às 21h30
Onde? Auditório Diomício Vidal da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC), localizada na Rua Ernesto Bianchini Góes, 91, Próspera, Criciúma/SC.
Inscrições gratuitas e limitadas pelo site http://bit.ly/2kNc7DX

Você sabia que seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência utilizando nosso website, nós recomendamos que você atualize para a nova versão ou instale um outro browser. Apresentamos uma lista dos browsers mais populares logo abaixo.

Apenas clique em um dos links abaixo para ir para a página de download: