fbpx

Conteúdos que inspiram e ajudam a apontar caminhos
para quem faz a inovação.

 

Organização financeira durante a crise do coronavírus

É inegável que a pandemia do coronavírus mudou a rotina de milhões de brasileiros e os impactos são sentidos também na vida financeira das famílias. É um momento onde, mais do que nunca, a necessidade da educação financeira é urgente – ela é fundamental para o desenvolvimento da poupança de longo prazo.

Assim como esta pandemia surpreendeu o mundo, muitas coisas podem acontecer durante a vida. Ter a disciplina de guardar uma parte do salário, planejar o futuro da família e se precaver para possíveis tempos difíceis são peças fundamentais para a segurança financeira.

Para isso, o plano de previdência complementar pode entrar como um grande aliado. Ao economizar contribuindo para o plano todos os meses você cria o hábito de pensar no futuro e passa ter uma rotina que lhe beneficiará quando chegar o momento da aposentadoria.

Se você ainda não tem um plano de previdência complementar, conheça o INDUSTRIAPREV, o plano de previdência instituído pela ACATE, com modalidades adaptáveis às necessidades do setor de tecnologia.

E, se você já tem o plano, pode permitir que parentes de até terceiro grau – seus ou do seu cônjuge – possam planejar o futuro também com o plano +Família, clique aqui para saber mais.

Confira mais algumas dicas para ajudar na organização financeira:

Cortes emergenciais de gastos – É claro que ninguém gosta de abrir mão de algo que já se tornou um padrão. Mas, em alguns momentos – como agora – isso pode ser necessário. Aproveite para rever os gastos mensais que podem estar pesados no bolso sem que você perceba. Revise assinatura de internet, telefone, revistas, telefonia celular, televisão por assinatura, planos de academia, assinatura de serviços de streaming, além de clubes de vinhos e cosméticos. Também é interessante conferir quais são as tarifas pagas no banco e cartões de créditos utilizados para ver onde é possível reduzir.

Quem está de quarentena já reduz automaticamente as despesas com transporte, alimentação e lazer fora de casa. Pode ser um bom período para aprender a cozinhar, fazer manutenção de unhas e cabelos em casa e até economizar nesses setores quando este período de isolamento acabar.

Para ajudar no planejamento, organizamos uma planilha de despesas pessoais, basta clicar aqui para baixar.

Se possível, negocie as dívidas – Muitos bancos e credoras estão anunciando medidas para apoiar os endividados e estão dispostos a negociar ou pausar o pagamento por um período. Fique atento às suas opções.

Cuidado com as compras online – Ficar mais tempo em casa pode ser um gatilho para a compulsão de comprar. Muitas empresas fazem ofertas para manter-se neste período, o que pode ser aproveitado, mas com o cuidado de comprar apenas o que realmente precisa. É importante lembrar que a economia é muito maior ao não realizar uma compra desnecessária, não importa o tamanho do desconto.


Deixe seu comentário