Conteúdos que inspiram e ajudam a apontar caminhos
para quem faz a inovação.

 

Verticais de Negócios da ACATE lançam e-book para destacar os dez anos de existência

Ser ator importante no desenvolvimento do ecossistema de tecnologia de Santa Catarina, contribuindo para a geração de ideias e negócios compartilhados por empresas de tecnologia que atuam em um mesmo setor de atuação. Essas são as premissas das Verticais de Negócios da ACATE, que completam dez anos de existência em 2019 e lançaram um e-book (clique aqui para acessá-lo) para destacar a história e as realizações do projeto.

Hoje, são 13 Verticais com o propósito de articular empreendedores para atuarem em rede, representando um segmento e também a entidade perante o setor público e privado: Agronegócios, Energia, Educação, Conectividade e Cloud, Segurança, Governança e Sustentabilidade, Fintech, Games, Construtech, Manufatura, Internet das Coisas (IoT), Saúde e Varejo.

Qualquer empresa – startup, PME ou de maior porte – que atue diretamente em algum dos segmentos das 13 Verticais de Negócio pode participar dos grupos, independente do tamanho e do faturamento. Ao fazer parte das Verticais, a empresa indica um representante – ou mais de um, preferencialmente um dos sócios e/ou diretor – para acompanhar as reuniões mensais e também os Meetups que cada Vertical promove pelo menos uma vez ao ano.

A ex-coordenadora das Verticais de Negócios e atual coordenadora de expansão da ACATE, Luiza Stein, lembra que esse projeto surgiu de um interesse dos associados em buscar acesso ao mercado através da Associação. “Mas entendemos que, mais importante do que buscar mercado, era conectar as empresas do mesmo segmento e estimulá-las para que cooperassem entre si e gerar negócios. Assim, elas poderiam entender suas complementaridades e definir as prioridades para seu setor em conjunto”.

De 2009 para os dias atuais, o contexto mudou bastante. Hoje o Estado é um dos líderes no setor de tecnologia, e saiu de seis mil para 12 mil e 300 empresas de base tecnológica(de acordo com dados do Observatório ACATE-2018).

“A atuação das Verticais de Negócio evoluiu muito desde os primeiros anos. No início, éramos um grupo de empresas que se reunia para cooperar, mas hoje fazemos parte de um arranjo produtivo mais complexo, que envolve o poder público, as universidades e outras entidades”, analisa Stein.

O projeto encerrou o ano de 2018 com 23 eventos realizados, e hoje conta com 376 participantes. Ficou interessado e quer participar de uma das 13 Verticais de Negócio? Envie e-mail para verticais@acate.com.br ou ligue para (48) 2107-2700.


Deixe seu comentário