Destaques

16/maio/2019

Urbantechs do Living Lab apresentam soluções em evento na ACATE

Encontro promovido pela Vertical Conectividade & Cloud da ACATE e pelo Living Lab ocorreu em Florianópolis

No último dia 13, o ACATE Downtown recebeu o 95º encontro da Vertical Conectividade & Cloud, junto da apresentação de pitches das startups selecionadas para o Living Lab. O evento contou com a presença de Diego Brites Ramos, diretor da Vertical, e Thaís Nahas, coordenadora do Living Lab Florianópolis e também Diretora de Negócios Inovadores na Prefeitura de Florianópolis. Oito das dez startups selecionadas pelo programa estiveram presentes para compartilhar seus cases e prospectar parcerias e investimentos, por meio de networking.

O Living Lab é uma iniciativa da Rede de Inovação de Florianópolis e executado pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), o qual pretende promover a cultura de inovação entre os cidadãos, aproximá-los de novas tecnologias e, com isso, estimular o empreendedorismo e o desenvolvimento tecnológico voltados à solução de desafios urbanos, gerando benefícios para a sociedade. “O objetivo do programa é aproximar as startups do seu público-alvo, oferecendo a oportunidade de testarem e validarem os produtos em ambiente urbano. Essa troca de conhecimento e informação neste modelo de evento fortalece as empresas, o ecossistema de inovação de Florianópolis e abre portas para novos negócios nesse segmento”, explica Thaís Nahas, coordenadora do Living Lab.

“O  evento foi uma oportunidade de apresentar as soluções participantes deste primeiro edital, bem como os resultados dos testes e indicadores do programa até o momento. Além disso, foi um evento de conexão com o mercado, que gerou oportunidades de parcerias e negócios”, afirma  Diego Brites Ramos, diretor da Vertical Conectividade & Cloud da ACATE. Hoje, existem cerca de dez órgãos estaduais e municipais envolvidos no programa, dentre eles o Governo do Estado de Santa Catarina, a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBPM) e a Prefeitura Municipal de Florianópolis.

Durante o evento, cada startup teve cinco minutos para se apresentar e outros dois para responder perguntas da plateia. As startups CityTech e Smartgreen não puderam comparecer ao evento. Confira as soluções de oito urbantechs do Living Lab.

 

Qendu: desenvolve controle de acesso conectado, baseado em IoT. A parceria com a startup Hauseful resultou no “Smartbox”. A solução mantém as chaves em segurança e em pontos estratégicos da cidade, oferecendo acesso a pessoas cadastradas. O sistema seleciona quem irá apresentar os imóveis pelo cruzamento de sua localização geográfica e o posicionamento das Smartboxes, reduzindo custos da imobiliária, desgaste do colaborador e facilita a mobilidade urbana.

 

Smart Homes: a startup desenvolveu uma solução que integra as centrais de incêndio das residências com o Corpo de Bombeiros, oferecendo automação residencial e  predial para monitorar incêndios e notificar autoridades.

 

Wifeed: plataforma de mídia que veicula anúncios através do Wi-Fi. Possibilitam a captação de dados e informações dos clientes e monetizam o Wi-Fi por meio de ações de marcas anunciantes que buscam um novo formato de mídia em ambientes físicos..

 

ParticipAct/Fundação UDESC: desenvolve uma  plataforma colaborativa para participação cidadã. O objetivo é explorar as tecnologias de informação e comunicação para a manifestação do cidadão, além de estruturar grandes bancos de dados, auxiliando no desenvolvimento de cidades inteligentes, tornando a gestão eficiente, participativa e transparente.

Sigmais: a empresa tem foco na produção de soluções na área de internet das coisas. Tem duas soluções na área de mobilidade. Um sensor que monitora as vagas disponíveis para estacionamento e indica ao usuário, por aplicativo, os locais vagos. A segunda solução promove um monitoramento de tráfego, possibilitando a aquisição de informações sobre o fluxo de veículos remotamente através da plataforma de IoT SigSystem.

Mobilis: a startup desenvolve soluções para mobilidade inteligente. Seu primeiro lançamento, o veículo elétrico Li, atende o nicho de veículos de vizinhança e está na fase de testes para homologação da versão de rua. Atualmente está desenvolvendo um piloto de veículo elétrico para a frota de ronda da Guarda Municipal de Florianópolis.

Manejebem: a empresa desenvolve uma rede social para agricultores, especialistas e demais interessados na produção vegetal. O objetivo do trabalho é difundir a agricultura sustentável por meio de plataformas digitais e contribuir para conexão da cadeia produtiva de alimentos.