Destaques

30/nov/2020

ACATE e Deatec inauguram Centro de Inovação em Chapecó, Oeste de Santa Catarina

Interessados em conhecer o espaço poderão agendar visita entre 25 de novembro e 4 de dezembro, seguindo todos os protocolos de segurança

A região oeste de Santa Catarina recebe nesta semana mais um incentivo para fortalecer a cultura de inovação e tecnologia com a inauguração do Centro de Inovação ACATE Deatec (CIAD). A Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) conta com uma rede de polos regionais, nas cidades do interior do Estado, e esta é a primeira das parcerias que conta com um centro de inovação. Os interessados em conhecer o espaço, localizado em Chapecó, poderão agendar uma visita presencial até esta sexta-feira, 4 de dezembro, seguindo todos os protocolos de segurança.

O CIAD surgiu da parceria estabelecida entre a DEATEC (Polo Tecnológico do Oeste Catarinense) e a ACATE. Sua a função é expandir e pluralizar o acesso à tecnologia, inovação e suporte de empresas, estimulando ainda mais a inovação e o empreendedorismo regional, fomentando a capacitação e especialização das empresas do setor. Segundo dados do ACATE Tech Report 2020, a região oeste de Santa Catarina possui 1.291 empresas de tecnologia, com faturamento total de R$ 918 milhões. Além disso, foi a região que apresentou maior crescimento entre 2015 e 2019, com 27% de aumento em número de empresas.

O presidente da ACATE, Iomani Engelmann, destaca que a inauguração do Centro é um importante passo na integração do ecossistema catarinense. “O fortalecimento dos polos regionais é uma das prioridades da ACATE e estamos muito orgulhosos de cooperar com este espaço dedicado à inovação no Oeste, região tão importante para o ecossistema de tecnologia de Santa Catarina. Nosso objetivo é consolidar iniciativas semelhantes em todo o Estado, buscando desenvolver as características de cada mesorregião”, realça o presidente.

Na visão de Sinara Perosa, presidente da Deatec, a abertura do CIAD é um momento de fundamental importância para o fortalecimento do polo. “Trabalhamos de forma muito estruturada com a ACATE e criamos esse espaço para compartilhar inovação, ideias, ser um ponto de apoio para todos os associados da região. É um projeto de integração com a tecnologia estadual, inspirados nos modelos bem sucedidos de outras regiões”, disse.

Atualmente a ACATE está presente em todas as regiões do estado por meio de seus nove polos regionais: Médio Vale do Itajaí — Polo Tecnológico de Informação e Comunicação da Região de Blumenau (Blusoft); Alto Vale do Itajaí — Núcleo de Informática da Associação Comercial e Industrial de Rio do Sul (ACIRS); Região Serrana — Orion Parque Tecnológico da Serra Catarinense; Oeste — Polo Tecnológico do Oeste Catarinense – DEATEC; Norte — Fundação Softville; Microrregião de Tubarão — Núcleo de Base Tecnológica da Associação Empresarial de Tubarão (ACIT); Microrregião de Criciúma — Núcleo de Base Tecnológica Associação Empresarial de Criciúma (ACIC); Grande Florianópolis — Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE); e Brusque — Centro de Incubação, Tecnologia e Inovação (CITI).