Ecossistema

25/abr/2019

BRy Tecnologia lança a assinatura híbrida, nova funcionalidade de coleta de assinaturas em documentos eletrônicos

A partir de agora, é possível utilizar no mesmo documento as assinaturas eletrônica e digital, tornando equipes, clientes e fornecedores mais conectados. Sebrae/SC será o primeiro a utilizar a tecnologia

O Sebrae/SC assinou o primeiro contrato digital da instituição pela plataforma da BRy Tecnologia, que permite tanto a assinatura digital, quanto a eletrônica de documentos, este mês. Essa é a nova funcionalidade do serviço de coleta de assinaturas da Plataforma de Certificação Digital BRy Cloud: a Assinatura Híbrida. A aplicabilidade foi lançada neste mês pela empresa, uma das precursoras em certificação digital no Brasil, e garante a segurança e a autenticidade das informações referentes às partes envolvidas na operação. A Assinatura Híbrida também será utilizada nos contratos do Startup Summit — maior evento de tecnologia promovido pelo Sebrae.

 

Rafael Godinho, Diretor Comercial na BRy Tecnologia, explica que “antes, o sistema da BRy funcionava apenas com a assinatura digital, que utiliza uma infraestrutura de criptografia baseada na legislação brasileira para conferir autenticidade a um documento ou contrato eletrônico, e para isso é necessário possuir um certificado digital”. O investimento para obter um desses certificados pode variar entre R$200 e R$400, aproximadamente. “Por isso, um documento com assinatura híbrida é uma boa solução para quem não utiliza muito o recurso”, afirma Godinho.

 

A assinatura eletrônica é utilizada por empresas de aluguel, bancos, seguradoras e também possui validade jurídica, desde que todas as partes estejam de acordo. Ela permite que o usuário assine de qualquer lugar e coleta evidências para comprovar sua autoria. Quando a assinatura eletrônica é gerada no BRy Cloud, ela é associada a um Carimbo do Tempo, que insere a data e hora do momento em que ela é feita a partir de uma fonte confiável — como o Instituto de Tecnologia da Informação (ITI) ou o Observatório Nacional — e garante a integridade destas evidências conferindo mais força a validade jurídica.

.

“A assinatura híbrida é útil para empresas que necessitam assinar contratos eletrônicos, mas cujos clientes não possuem certificados digitais, como bancos, imobiliárias e lojas. Além disso, também pode ser utilizada para otimizar processos internos de corporações”, exemplifica Rafael.

 

Para o Diretor Superintendente do Sebrae/SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca a assinatura do contrato digital nesta segunda-feira foi um momento histórico. “A  inclusão da plataforma da BRy permite a digitalização de todos os nossos contratos, viabilizando assim maior transparência e segurança da informação, ação esta que vem ao encontro do nosso programa de Compliance. Os documentos ficam todos na nuvem com mais segurança e mais agilidade por parte da instituição. É o marco zero no que se refere a digitalização do Sebrae/SC, um projeto de inclusão digital e digitalização dos processos no qual estamos trabalhando e que iniciamos pela assinatura deste contrato”, conta.

 

Outras vantagens desse tipo de processo são a economia de tempo e de papel. “Atualmente, quando formalizamos um contrato são impressas no mínimo duas vias. Pelos nossos cálculos, com esses contratos eletrônicos, deixaremos de realizar até 8 mil impressões ao ano. Além da questão ambiental e social, também tem o aspecto da agilidade do processo. Estimamos que o tempo para coletar as assinaturas reduza cerca de 90% utilizando a plataforma da BRy”, destaca o Gerente de Contabilidade e Finanças do Sebrae/SC, Jefferson Marchiorato.

 

Assinatura híbrida e transformação digital

Desde que foi criada, em 2002, a BRy Tecnologia têm como propósito tornar operações e negociações digitais mais seguras. Apostando na evolução da tecnologia para solucionar as principais dores dos empresários brasileiros em relação a assinatura, coleta e verificação de assinaturas; protocolação e carimbo digital; armazenamento e emissão de certificados digitais, além do sistema para tornar empresas autoridades certificadoras corporativas ou ICP Brasil.

 

Segundo Carlos Roberto De Rolt, fundador da BRy Tecnologia, o objetivo é contribuir para a transformação digital das empresas brasileiras. “A assinatura híbrida é mais um passo dado em relação a esse movimento importante no nosso país e no mundo. Estamos focados em fornecer a tecnologia segura e necessária para caminharmos cada vez mais para o fim da burocratização. Isso é possível a partir da digitalização de processos, aliado ao aumento da produtividade de empresas e à otimização do tempo”, comenta.