Destaques

13/Apr/2022

Cheap2ship fecha novo aporte e mira expansão internacional

A previsão para 2022 é que os números da startup tripliquem

A Cheap2ship, startup de Itajaí especializada na negociação de fretes nacionais e internacionais, anunciou nesta semana um novo aporte para sua rodada seed liderada pelo fundo da Comexport, de São Paulo.

Em meados de 2020, com o inicio da pandemia, o preço dos fretes internacionais tiveram altas nunca vistas antes, assim como os desencontros de ofertas e procuras, o altíssimo consumo nos e-commerces e fechamento de portos, escritórios e indústrias, seja por precaução ou infecção.

Tudo isso naturalmente catalisou, por parte de importadores e exportadores, a busca por alternativas para frear as perdas na contratação de fretes internacionais e nacionais.

Com isso, várias empresas aderiram à solução da Cheap2ship, com intuito não só de reduzir o custo dos fretes, que em alguns casos chegaram a majorar 30%, mas também para melhor automatizar as operações e contribuir para um melhor compliance nas empresas que atuam na logística nacional e Internacional.

Fundada em 2017, por Jociano Motta e Alessandro Martins de Andrade, a startup transacionou no ano passado pela plataforma mais de 30 mil negociações, divididas em: 50 mil TEUs (unidade de medida para um contêiner de 20 pés), 10 mil toneladas de fretes aéreos e 12 mil fretes rodoviários.

Além disso, é uma das únicas plataformas a atender nos modais aéreo, marítimo e rodoviário em um único ambiente com destaque para as negociações de fretes Spot e BID.

Para este ano, a previsão é que esses números tripliquem, tanto em negociações quanto em clientes (atualmente são mais de 70 médias e grandes empresas), tornando a startup uma das principais referências no setor latino-americano.

Para isso, Jociano comenta que esse ano será principalmente dedicado para o desenvolvimento acelerado da tecnologia, atendendo novas demandas de mercado, como também para o desenvolvimento dos profissionais que fazem da Cheap2ship a referência que ela é hoje.

Além disso, a startup iniciou suas operações fora do Brasil já com clientes na Argentina, Chile, Colômbia e Peru e agora se prepara para entrar nos demais países que compõem a América latina.

A Cheap2ship tem em seu histórico participações em competições internacionais na China, Hong Kong, Inglaterra e Holanda com destaque para um 3° lugar em 2019 em um evento de Hong Kong como uma das startups mais inovadoras no setor.

Via https://economiasc.com