X

Polos Regionais

27/ago/2019

Diretoria da Deatec discute demandas do setor com a Prefeitura de Chapecó

No encontro, foi apresentada a nova diretoria que tem como presidente a empresária Sinara Perosa e discutidas demandas do setor de tecnologia e inovação

A diretoria da Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) se reuniu nesta semana com o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Márcio Sander, e o diretor de Incentivo a Empreendedorismo Arthur B. Smaniotto. No encontro, foi apresentada a nova diretoria que tem como presidente a empresária Sinara Perosa e discutidas demandas do setor de tecnologia e inovação.

De acordo com Sinara, a reunião foi importante para alinhar as demandas, entender as possibilidades de contribuições legais por parte do poder público e buscar soluções conjuntas. “Uma das nossas principais demandas é sobre o Condomínio Tecnológico. Existe uma área disponível e precisamos avaliar as formas de viabilização do projeto”, frisou.

Buligon afirmou que a Prefeitura está comprometida com os projetos do setor. “Conversamos sobre o Condomínio Tecnológico e também possibilidades de ocupação do Parque da Efapi. Os três setores – poder público, iniciativa privada e universidades – precisam estar em sintonia. O encontro dessa semana demonstrou que temos essa aproximação e podemos pensar conjuntamente soluções inovadoras. Não tenho dúvida que Chapecó será o Vale do Silício de Santa Catarina”.

O local para construção do Condomínio Tecnológico está definido e o terreno está em posse da Prefeitura de Chapecó. O próximo passo é deliberar como será disponibilizada essa área. O projeto foi aprovado em 2008 e reunirá, em um só local, empresas de tecnologia e inovação. A área possui 204 mil metros quadrados. “Com a construção do condomínio, Chapecó dará um grande salto no setor de tecnologia, atraindo empresas e gerando mais empregos”, observou Sinara.

A nova diretoria da Deatec assumiu em julho deste ano e apresentou algumas ações que estão previstas para a nova gestão. Além de dar andamento ao Condomínio Tecnológico, buscará soluções para formação de mão de obra para o setor de tecnologia, maior aproximação com os associados para entender as necessidades atuais, continuação do projeto de incentivo fiscal para as empresas do setor em parceria com a Prefeitura, treinamentos e capacitações, realização de feiras e eventos e busca por novos associados.

Fundada em novembro de 2005, a Deatec tem como objetivo fortalecer o ecossistema de tecnologia e inovação do grande Oeste catarinense. Com 13 anos de atuação e mais de cem empresas associadas, conquistou o seu lugar entre as entidades empresariais mais representativas e respeitadas na região pelo seu perfil reivindicatório e dinâmico, com abrangência para o segmento de tecnologia nos municípios que compõem o Oeste e Extremo Oeste catarinense, Paraná e Rio Grande do Sul.