Destaques

22/jul/2020

Empresa associada é a única na América Latina com a certificação ISO9001:2015

BrasilRad, que presta serviços de proteção radiológica e física médica, aplica normas preconizadas de radioproteção, garantindo segurança, possibilitando benefícios econômicos para o gestor da instituição e qualidade de vida aos pacientes

A BrasilRad atua dentro de hospitais, clínicas médicas, consultórios odontológicos e clínicas veterinárias, aplicando normas de radioproteção e controle de qualidade de imagem. A empresa é a única na América Latina com a certificação ISO9001:2015, que garante a qualidade ao prestar esses serviços. Integrante da Vertical Saúde, da ACATE, a BrasilRad é a oitava empresa da série Pílula de Conhecimento.  

Dentre os serviços oferecidos estão: treinamento sobre radioproteção em ambiente hospitalar; cálculo de blindagem; levantamento radiométrico; controle de qualidade em ressonância magnética, raio-x, mamografia, ultrassom, tomografia computadorizada e fluoroscopia.

Walmoli Gerber, CEO da BrasilRad, afirma que para a correta visualização dos órgãos e posterior laudo médico é preciso garantir a qualidade da informação coletada.  A radiação ionizante e não ionizante está cada vez mais presente em hospitais e clínicas. A correta utilização das radiações permite, por exemplo, a melhor visualização do corpo humano em um centro cirúrgico, com redução de cortes profundos e incisões, possibilitando uma recuperação mais rápida. Gerber afirma que ao utilizar regras de proteção radiológica, hospitais e clínicas apresentam melhores resultados. A garantia do processo seguro e eficaz traz resultado para o gestor, aumentando o tempo de vida útil dos equipamentos, com resultados econômicos positivos para a instituição.

Interoperabilidade e integração de softwares em Saúde 

A interoperabilidade dos sistemas, isto é, a capacidade de um sistema se comunicar de forma transparente e segura com outro sistema, e a integração entre softwares são fundamentais na administração do hospital ou clínica, de acordo com Walmoli. É preciso garantir, segundo o CEO, que grandes softwares líderes de mercado não estanquem a inovação, impossibilitando a integração de novos sistemas.

Computação quântica

O uso de inteligência artificial, conhecido como sistemas especialistas, amplia o escopo da análise de dados. Entretanto, com grande volume de imagens e vídeos, ocorrem limitações na etapa de processamento. A computação quântica é o que irá solucionar o problema, com a substituição do bit pelo Qubit, fazendo com que os sistemas especializados aumentem a capacidade de processamento simultâneo. Além do diagnóstico por imagem, a computação quântica irá trazer benefícios na descoberta de novos fármacos que promovem saúde e qualidade de vida.

Eletrocêuticos

Outro grande avanço da Ciência na área da Saúde é a eletrocêutica, que é a substituição do uso de fármacos por controladores de corrente elétrica ou chips, principalmente em doenças ou transtornos neurológicos. “Já existem resultados concretos na substituição de medicamentos por pequenos dispositivos que são implantados no paciente e trazem benefícios reais, pouco invasivos e sem efeitos colaterais”, garante o CEO.