Destaques

01/Jul/2022

Encontro reúne diversos atores do ecossistema de tecnologia, inovação e empreendedorismo de SC

Evento realizado nos dias 23 e 24 de junho, em Lages (SC), promoveu a discussão sobre iniciativas de fomento ao ecossistema catarinense
Evento realizado em Lages (SC), promoveu debates sobre o fomento aos ecossistemas de tecnologia, inovação e empreendedorismo

O Encontro do ecossistema catarinense de Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo conectou atores do ecossistema, nos últimos dias 23 e 24, para discutir ações de fomento à cultura de inovação e ao setor de tecnologia catarinense. O evento foi realizado pela ACATE e pelo Orion Parque durante a semana de comemoração aos seis anos do Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira, sede do polo regional da ACATE na Serra Catarinense.

Na ocasião, foram apresentadas e discutidas diversas iniciativas, como os programas estratégicos da associação, inovação aberta e cases de sucesso de conexão entre empresas através de negócios e networking. O evento também contou com a participação de Amanda Graciano, startup hunter e colunista de inovação e tecnologia no Estadão e MIT Technology Review, que tratou sobre o setor de tecnologia, disrupções tecnológicas e comunidades. Os conteúdos dos dois dias estão disponíveis no canal de YouTube do Orion Parque, assim como a programação completa do Orion Week.

A abertura do evento contou com a presença do presidente da ACATE, Iomani Engelmann, que destacou o desenvolvimento do ecossistema de inovação catarinense e a importância do Orion para o estado e a região serrana. “Santa Catarina é exemplo de um ecossistema integrado, e Lages é um exemplo de que um propósito e pessoas engajadas podem fazer a diferença, onde desenvolvimento social e economia podem trabalhar juntos. A ACATE, o Orion e todo o ecossistema de inovação mostram como a sociedade organizada pode fazer diferença para todos”, afirma. 

Também participaram do encontro o presidente do Orion Parque, Valmir Tortelli, e autoridades, entre elas, Amauri Bogo, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fapesc), Iuana Réus Abella, gerente da Rede Catarinense de Centros de Inovação, e Álvaro Mondadori, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lages.

Durante a abertura, Iuana ressaltou a importância do ecossistema e a presença estratégica do centro de inovação do município construído pelo Governo de Santa Catarina e inaugurado em 2016, sendo o primeiro habitat do estado. “Santa Catarina está se tornando uma referência em sobre como fazer política pública e como criar um ecossistema de inovação em cidades do interior, pouco populosas. A gerente da Rede, que promove a integração dos centros de inovação em Santa Catarina, acrescenta os resultados que o ambiente promove para a economia de Lages: “Em um ano de operação do Orion, o recolhimento de Imposto sobre Serviço (ISS) das empresas vinculadas consegue pagar todo o investimento em obra e preparação do ambiente”, finaliza.

O presidente da ACATE complementa que a união do ecossistema e os ambientes de inovação também propiciam a evolução conjunta das empresas e fazem de Santa Catarina o estado com maior crescimento no número de negócios entre 2015 e 2020. O setor de tecnologia catarinense é responsável por mais de R$ 19,8 bilhões de receita, o que corresponde a 6,1% do Produto Interno Bruto do estado, além de gerar mais de 75 mil empregos diretos, de acordo com dados do ACATE Tech Report.

O encontro com foco em valorizar os incentivos aos desenvolvimento do ecossistema por seus diversos atores foi viabilizado através do edital Conexão SC, promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) para fomentar a realização de eventos. O evento também contou com o patrocínio da Dell Technologies e o apoio da Rede Catarinense de Centro de Inovação, vinculada a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE).

Encontro de gestores da Rede Catarinense de Centros de Inovação e da Rede de Incubadoras MIDITEC

A semana de comemorações Orion Week também oportunizou os encontros de gestores das redes Catarinense de Centros de Inovação e de Incubadoras MIDITEC

No dia 22 de junho, rede de ambientes de inovação do estado tratou sobre projetos estratégicos, como a implementação dos programas iCatarina, que fará mapeamento do ecossistema; do Inspire, que promoverá a inovação social; de Inovação Aberta, para gerar e escalar negócios inovadores, conectando grandes empresas e startups.

O encontro da Rede Catarinense de Centros de Inovação também contou com a apresentação da Rede de Institutos SENAI de Inovação e do Nidus, o laboratório de inovação do Governo de Santa Catarina, além de debates sobre Recursos Humanos e 5G. As discussões sobre a implantação da quinta geração de telefonia móvel no estado tiveram a participação de Fernando de Oliveira, CEO da DITEC e coordenador do Grupo de Trabalho do 5G na Vertical Smart Cities da ACATE.

Quanto ao encontro da rede de incubadoras que utilizam a metodologia do MIDITEC, os diretores se reuniram no dia 23 para discutir ações de colaboração para expansão do grupo, que conta com sete incubadoras, entre elas, a Épsilon administrada pelo polo regional da ACATE em Lages e localizada no Orion Parque.

Créditos de imagem: Luís Fernando Della Bruna