Destaques

14/May/2022

GeekHunter expande atuação para o mercado internacional

Startup de recrutamento em tecnologia planeja conectar candidatos da América Latina com oportunidades de países como Estados Unidos e Canadá
Geek Hunter planeja conectar candidatos da América Latina com oportunidades de países como Estados Unidos e Canadá

A GeekHunter, startup de recrutamento especializada na contratação de profissionais de tecnologia, está ampliando sua atuação para o mercado internacional. A empresa, criada em 2015, vem crescendo ano a ano e em 2021 registrou mais de 210% de aumento no faturamento, em comparação com 2020, além de ter dobrado o número de profissionais cadastrados na plataforma. Entre os clientes estão a Amazon, B2W, Accenture, Capgemini, Locaweb, IBM, Zup Innovation e Everis.

A internacionalização vem como um movimento natural para empresa, que acompanha as tendências de mercado impulsionadas pela pandemia. “Hoje, com o trabalho remoto, a contratação deixou de ser local e passou a ser global. O poder de decisão na área de tecnologia passou a ser ainda mais do profissional e as companhias que não se abrem ao mercado se limitam a um número de profissionais extremamente restrito. O desafio de encontrar mão de obra em TI não é somente no Brasil, é no mundo todo, por isso, a GeekHunter está fazendo esse movimento para dar ainda mais suporte para companhias e profissionais daqui e de fora”, explica Tomás Ferrari, fundador e CEO da startup, que projeta uma fatia de 30% do faturamento de 2022 vindo do braço de expansão.

Para esse processo, a empresa, que triplicou o quadro de colaboradores desde o início da pandemia, passando de 35 para 110 atualmente, está investindo na ampliação do time de expansão, que trabalha remotamente do Brasil, para atuar em duas frentes. A primeira é focada na busca por novos clientes da América do Norte. Segundo Lucas Lopes, CRO na GeekHunter, companhias dos Estados Unidos e Canadá têm uma alta demanda por profissionais e, muitas vezes, já estão habituadas a contratar mão de obra de outros países.. Para isso, a startup deve ampliar os serviços especializados da plataforma, ajudando em todo o processo de recrutamento.

Na outra frente, o trabalho será para expandir a base de candidatos de outros países, principalmente com foco em pessoas desenvolvedoras da América Latina, como Argentina, México e Colômbia. “São países que têm um ecossistema mais desenvolvido, com um número maior de empresas de tecnologia e uma base de desenvolvedores com um nível avançado de inglês”, explica Lopes. A intenção é ampliar a possibilidade de contratação por parte das empresas brasileiras, que terão oportunidades de recrutar profissionais latinos, dentro de uma moeda que se equipara ao real.

Atualmente, a plataforma possui 200 mil profissionais cadastrados nas áreas de desenvolvimento de software e ciência de dados. Já as empresas que contratam utilizando a GeekHunter passam de 10 mil, incluindo com oportunidades para o exterior. “Estamos trabalhando no nosso produto para ganhar escala e ter mais automação, ter um produto de tecnologia que consiga atender empresas e profissionais também do exterior”, afirma Lopes.

Contratação de profissionais juniores no Brasil

Além da internacionalização, a GeekHunter deve investir em processos para a contratação de profissionais em início de carreira pensando no mercado brasileiro. “Como há muita demanda e pouca oferta de profissionais pleno e sênior, estamos olhando para as pessoas que estão entrando no mercado hoje, que serão os candidatos pleno e sênior de amanhã, mas que ainda encontram barreiras pela falta de experiência”, ressalta Tomás Ferrari.

A estratégia da empresa é atrair esses profissionais, oferecer qualificação por meio de parcerias, testar as habilidades técnicas e construir uma base de candidatos que, mesmo sem experiência na área, tenham formação técnica completa e competências validadas. “Nos preocupamos com essa demanda e queremos mostrar para as companhias que há espaço para esse profissional e que, muitas vezes, faz todo sentido contratar uma pessoa em início de carreira e ajudá-la no seu desenvolvimento”, reforça o CEO. “Essa é uma tendência e acreditamos na oportunidade de expandir o mercado para pessoas juniores e, ao mesmo tempo, ajudar no desafio das empresas de encontrarem profissionais para seus times de tecnologia”.

Sobre a GeekHunter

Criada em 2015, em Florianópolis (SC), a GeekHunter é uma empresa especializada na contratação de profissionais de tecnologia, sendo um dos maiores marketplaces de recrutamento de pessoas desenvolvedoras de software e cientista de dados da América Latina. A plataforma inverte o modelo tradicional de seleção, atrai, pré-valida e aprova os candidatos mais engajados e com maior potencial técnico para serem contratados. Com isso, conecta empresas nacionais e internacionais que estão expandindo seus times de tecnologia com os melhores profissionais de TI do mercado, em um prazo médio de 14 dias. São 200 mil profissionais e mais de 10 mil empresas cadastradas na plataforma.