Destaques

17/abr/2019

Startup incubada no MIDITEC é destaque em evento internacional de empreendedorismo

Empresa Mettzer, de Florianópolis, ficou em 2º lugar no Startup Games Brazil 2019, evento promovido pelo Departamento de Comércio Exterior do Reino Unido em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

A startup Mettzer, especializada no fornecimento de soluções para o ensino superior, foi premiada com o 2º lugar no Startup Games Brazil 2019, evento realizado na última sexta-feira (12), em Florianópolis. A empresa é incubada no programa MIDITEC, que é gerido pela ACATE em parceria com o SEBRAE/SC.

 

No evento, que promoveu a internacionalização de negócios brasileiros em parceria com o Reino Unido, os empreendedores de vinte startups de todo o país tiveram atividades de capacitação e rodadas de negócios com investidores, executivos e mentores, que elegeram as três melhores empresas. A escolha foi feita por meio de um “jogo” de investimentos, em que cada participante, com um aplicativo de celular, recebeu uma quantidade de dinheiro fictício e investiu nas empresas mais promissoras.

 

Para a vice-presidente de Investimentos Britânicos na América Latina, Flávia Franco de Oliveira, o que chamou a atenção dos investidores e executivos foi a maturidade do negócio da Mettzer. “Mesmo sem investimentos e num pequeno espaço de tempo, a empresa vem impactando positivamente instituições de ensino e pesquisadores, tanto no Brasil quanto no exterior”.

 

A Mettzer, startup incubada no MIDITEC, foi lançada em 2016. A plataforma oferece soluções para o ensino superior, com foco na pesquisa, auxiliando na busca de editais e recursos, na gestão de projetos científicos, no desenvolvimento das pesquisas e na gestão do conhecimento.

 

Além de atuar com as instituições de ensino superior, a Mettzer também disponibiliza as suas soluções diretamente para os estudantes, professores e pesquisadores. Ainda neste semestre, a empresa deve alcançar a marca de 200 mil usuários no Brasil e em mais 14 países, incluindo o Reino Unido.

 

De acordo com Felipe Mandawalli, CEO da startup, a empresa procura parceiros para que até 2020 a solução esteja 100% preparada para conquistar os mercados internacionais. “Nosso objetivo é ampliar os recursos e conexões necessárias para internacionalizar o negócio, de modo que já estamos apresentando bons resultados atuando em outros países”.

Saiba mais: https://www.mettzer.com/