Destaques

20/maio/2020

ACATE elege remotamente nova diretoria para gestão 2020/2022

À frente da nova diretoria, o presidente Iomani Engelmann Gomes pretende capilarizar ainda mais a entidade em todo o estado catarinense. Capacitação de talentos, relações governamentais e o fortalecimento da integração serão os três principais pilares dos próximos dois anos de gestão

 

A nova diretoria da ACATE, gestão 2020/2022, foi eleita nesta quarta-feira, 20 de maio, em Assembleia Geral Extraordinária, realizada de forma remota e com a participação das das empresas associadas. Tomam posse no dia 1º de junho o presidente Iomani Engelmann Gomes e seis vice-presidentes: Annalisa Blando Dal Zotto (Financeiro), Arthur Medeiros Nunes (Ecossistema), Diego Brites Ramos (Relacionamento), Henrique Marcos Fava Bilbao (Marketing), Nelissa Gevaerd Colossi Branco (Integração) e Moacir Antônio Marafon (Talentos). Também foram eleitos os novos membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. Compõem a nova diretoria representantes de diversas regiões de Santa Catarina e associadas de todos os portes, de startups a grandes empresas. Além disso, é a primeira vez que mulheres assumem cargos de vice-presidência. A gestão que se despede foi marcada pela união e pelo fortalecimento do setor de Tecnologia. Por dois mandatos consecutivos, estiveram à frente o presidente Daniel Leipnitz, e os vice-presidentes Iomani Engelmann Gomes (Negócios), Marcos Lichtblau (Finanças) e Silvio Kotujansky (Mercado).

A nova gestão chega para solidificar e desenvolver ainda mais o ecossistema catarinense de tecnologia. A nova vice-presidência de Integração, sob o comando de Nelissa Branco, da empresa SoftecSul, de Lages, pretende capilarizar ainda mais a entidade em Santa Catarina, estadualizando ações bem sucedidas de cada uma das regiões. A vice-presidência de Marketing terá como desafios o incremento da visibilidade da associação, a comunicação com os associados e a promoção dos eventos, sendo liderada pelo empresário Henrique Bilbao, da Ezok, de Blumenau, onde ocupa também a presidência da Blusoft. Diego Ramos, da Teltec Solutions, fica responsável pela vice-presidência de Relacionamento, buscando estreitar a interação com parceiros e Governo.

Arthur Nunes, da Plotkids, assume a vice-presidência de Ecossistema, liderando a relação com os associados e a operação dos programas da entidade. A nova vice-presidência de Talentos, ocupada pelo co-fundador da empresa Softplan, Moacir Marafon, tem como missão trabalhar pela formação, atração e desenvolvimento de profissionais qualificados. Na vice-presidência Financeira, Annalisa Dal Zotto, da ParMais, fica responsável pela gestão financeira da ACATE. Iomani Engelmann, que ocupava a vice-presidência de Negócios, assume a Presidência da entidade. Co-fundador da empresa Pixeon, que nasceu na incubadora MIDITEC, Iomani estabelece os três principais pilares da gestão: capacitação de talentos, estreitamento de relações com as esferas governamentais e o fortalecimento da integração estadual.

Nos últimos quatro anos, integrar as empresas e as várias regiões do estado também foi o principal trabalho da gestão presidida por Daniel Leipnitz. Houve uma intensa aproximação com os polos de inovação de Santa Catarina e a reestruturação do modelo de convênio, que ocorreu em 2018. A partir disso, a ACATE alcançou 1.400 empresas associadas, com nove polos conveniados nos municípios de Blumenau (Blusoft), Tubarão (ACIT), Criciúma (ACIC), Rio do Sul (ACIRS), Itajaí (ACII), Brusque (CITI), Chapecó (Deatec), Lages (Orion) e Joinville (Softville). Nestes dois anos de parceria firmada, foram 32 ações realizadas para proporcionar mais desenvolvimento do setor em todo o estado.

Durante os dois últimos biênios, a ACATE ultrapassou as fronteiras de Santa Catarina com a abertura de escritórios em São Paulo (Capital) e Boston (Estados Unidos). A partir de uma necessária aproximação com o Governo do Estado e com as Prefeituras Municipais, a relação oportunizou avanços para o setor, como o decreto estadual que definiu a não incidência de ICMS sobre o Software; redução do ISS em São José; parceria entre Prefeitura Municipal de Florianópolis e ACATE na criação do Projeto Rede Municipal de Centros de Inovação de Florianópolis; participação no Pacto pela Inovação, em Joinville, e no Conselho de Inovação de Chapecó; e cocriação do movimento Floripa Conecta.

Foram potencializados os trabalhos realizados pelos Programas Estratégicos, como StartLab, MIDITEC, Verticais de Negócios e LinkLabs (Primavera, São José e Joinville). Ao todo, 507 empresas têm sido impactadas diretamente pelas iniciativas. Para estimular a troca de ideias e experiências entre empreendedores e profissionais ligados ao setor, foram criados, ainda, os Grupos Temáticos: Mulheres ACATE, RH.TEC, Internacionalização, RIA e Investimentos, entre 2016 e 2018. Neste mesmo período, a Associação lançou o ACATE Startups, um espaço para novos negócios inovadores voltado para empreendedores que buscam conexões, conhecimento, apoio e mentorias. 

Reconhecimento também foi palavra-chave nesta última gestão. A Associação foi premiada na categoria Melhor Hub de Inovação, do Startup Awards, nos anos de 2018 e 2019. Esse é  o maior reconhecimento do ecossistema de startups e inovação do Brasil. O MIDITEC foi eleito como uma das cinco melhores incubadoras do mundo, pela UBI Global, nos anos de 2018 e 2019. Além disso, na categoria Tecnologia, a ACATE foi premiada no Top de Marketing e Vendas da ADVB/SC.

Plano de Ação ACATE – Covid-19
A mais recente iniciativa da última gestão foi a estruturação de um plano de ação diante da pandemia causada pelo novo coronavírus. Criado em março, o Plano de Ação ACATE – Covid-19 já impactou mais de 13 mil pessoas. O objetivo foi proporcionar às empresas associadas necessárias políticas de desconto e linhas de crédito, auxílios e benefícios em forma de negociações e programas de apoio e mentoria.

A partir desta iniciativa, foram realizados 366 atendimentos específicos a associados, 48 mentorias individuais – entre profissionais voluntários e empresários que buscaram por ajuda, e 12 webinars pelo canal do YouTube – com mais de 2,5 mil participações e cerca de 5 mil visualizações nos vídeos.

Também como parte do Plano de Ação, foram divulgados o Fundo Garantidor ACATE – de mais de R$ 1,3 milhões para apoiar o setor e que, até o momento, foi solicitado por 92 empresas. Na esteira das oportunidades para o setor, foi lançado o projeto ACATE Reconecta, para aproximar profissionais de tecnologia impactados com a crise às empresas que buscam talentos para as oportunidades disponíveis. Recentemente, foi lançado também o ACATE União, iniciativa que auxilia, por meio de diagnósticos e atendimentos individualizados, as empresas de tecnologia no enfrentamento da crise.

A entidade mapeou 51 soluções tecnológicas para o combate e prevenção da Covid-19 e para apoio na digitalização de empresas. Também lançou duas pesquisas de impacto no setor, além de uma terceira específica para apoiar empresas associadas interessadas na compra de testes para o novo coronavírus. Mesmo diante do contexto de crise, 19 novas empresas se associaram à ACATE.

Durante a assembleia online desta quarta-feira (20), também foram apresentados os principais indicadores e colocada em votação as contas do exercício de 2019, que foram aprovadas. Daniel Leipnitz, que deixa a presidência da Associação, permanece a atuação junto à entidade como integrante do Conselho Deliberativo.

Conheça abaixo a composição da nova diretoria da ACATE:

DIRETORIA ESTATUTÁRIA

Presidente
Iomani Engelmann Gomes
(Pixeon)

Florianópolis

Vice-presidente de Finanças
Annalisa Blando Dal Zotto
(Parmais)

Florianópolis

Vice-presidente de Ecossistema
Arthur Medeiros Nunes
(PlotKids)

Florianópolis

Vice-presidente de Relacionamento
Diego Brites Ramos
(Teltec)

Florianópolis

Vice-presidente de Marketing
Henrique Marcos Fava Bilbao
(Ezok)

Blumenau

Vice-presidente de Talentos
Moacir Antonio Marafon
(Softplan)

Florianópolis

Vice-presidente de Integração
Nelissa Gevaerd Colossi Branco
(Softecsul)

Lages

 

CONSELHO DELIBERATIVO

Alexandre d‘Avila da Cunha
(Cebra)

Florianópolis

André Krummenauer
(Involves)

Florianópolis

Claudio Roberto Grando
(Audaces)

Florianópolis

Daniel dos Santos Leipnitz
(Visto Sistemas)

Florianópolis

Darlan Segalin
(Amplimed)

Chapecó

Edenir Silva
(Grupo Nexxera)

Florianópolis

Fábio Beal
(Kiper)

Florianópolis

Fernanda Maria Barreto Bornhausen
(SocialGood Brasil)

Florianópolis

Jorge José Cenci
(Senior)

Blumenau

José Rizzo Hahn Filho
(Pollux)

Joinville

Nadine Heisler Wassmer
(Domlexia)

Florianópolis

Rui Luiz Gonçalves
(AltoQi)

Florianópolis

Tiago Alexandre Vailati
(Hiper)

Florianópolis

CONSELHO FISCAL

Membro efetivo
Guilherme Domingos Ferla Junior
(Grupo DOT)

Florianópolis

Membro efetivo
Marcos Luiz Marchezan
(Instituto Stela)

Florianópolis

Membro efetivo
Sergio de Lima Viola
(Jexperts)

Florianópolis

Membro suplente
David Mauricio Escobar Gomez
(4C)

Joinville

Membro suplente
Maristela Franco Paes Leme Pinheiro
(NPU)

Florianópolis